.::PT HACK::.
Bem Vindo/a ao PTHACK faça o login e se ainda não se registou porque espera?

Usa, Desfruta e Divulga Wink



Dentes e a Terapia Sacro Craniana

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Dentes e a Terapia Sacro Craniana

Mensagem por dguerreiro em Qua Set 30, 2009 4:02 pm

Dentes e a
Terapia Sacro Craniana




Como já deve saber o corpo humano encontra-se
todo interligado e qualquer problema numa zona acaba por se reflectir
quer seja nessa zona quer seja noutra zona do corpo.

Aqui é que começa a diferença ou a
grande diferença.


É que um problema pode não se
manifestar na zona onde ele existe mas manifestar-se numa zona
completamente diferente e/ou distante.


Isto pode parecer mentira mas é mesmo assim.
Esta também é a razão pela qual muitos dos
tratamentos não resultam ou têm poucos resultados.


A culpa não é das técnicas nem das
terapias que se
aplicam, nem dos técnicos que as aplicam. O problema que
existe é que o problema pode ter origem noutra zona do corpo e como tal
não se vão conseguir bons resultados enquanto não se fôr à origem do
problema.

Aliás, se dói num determinado ponto quem é que vai querer ser tratado noutro lado do corpo?

Pois é, torna-se difícil fazê-lo, a menos que o
técnico o explique convenientemente à pessoa e que
esta acredite nele, o que por vezes pode ser um pouco difícil.

A filosofia de tratar o local da dor tem sido a base de
todas as técnicas e terapias que tentam tratar ou resolver o problema.

Desta forma, as técnicas e terapias muitas vezes não abordam o corpo
como um todo e outras vezes os técnicos não lhe dão
a devida importância uma vez que a pessoa apenas está
interessada em que lhe aliviem as dores.

Felizmente que agora já existem técnicas e terapias que procuram
(detectam) e
corrigem disfunções ao longo do corpo e não apenas no local da dor.

A Terapia Sacro Craniana (ou Crânio Sacral), a
Libertação Mio Fascial e outras técnicas e terapias holísticas (ou seja
que tratam todo o corpo) preocupam-se em descobrir e eliminar tensões
no corpo (tecidos,
ossos e meninges), por forma a que estes passem a ter um
funcionamento mais correcto e salutar.

Desta forma a sua preocupação
principal não é só tratar as dores mas sobretudo
as suas causas ou seja aquilo que pode estar na origem do problema.


Sabendo-se que o corpo está todo interligado é
fácil de perceber que por vezes o problema pode estar muito
longe do local das queixas.

E só eliminando as causas se
consegue resolver o problema.

Não é raro ver-se um terapeuta sacro craniano a tratar a
bacia quando a queixa da pessoa é uma dor cervical ou uma dor de cabeça.

Indo ao encontro do que se propõe esta página,
que são os dentes, põe-se a seguinte questão:


Os
dentes “tortos” são ou não o resultado de
problemas noutras áreas do corpo?


Talvez sim, talvez não.
Nunca se sabe até que se libertem as tensões que
existem no corpo.


Contrariamente ao que se diz, os dentes têm movimento e mexem e por vezes mexem bastante até libertarem
as suas tensões, o que coloca questões bastante interessantes.


Estas tensões podem ou não ser as
responsáveis pelo seu desalinhamento ou ajudarem nesse desalinhamento.


No entanto podem não ser a única
razão do seu desalinhamento pois existem demasiados factores a ter em
atenção uma vez que o corpo é demasiado complexo e se encontra todo
interligado.


Outras tensões ao longo do
corpo podem também reflectir-se nos dentes ou noutras áreas do corpo.


Desta forma se se
quer alinhar os dentes é conveniente libertar as tensões
que existem no corpo e nos próprios dentes antes de se proceder ao uso de
aparelhos correctores.


Como se sabe ou devia saber, os ossos da cabeça
estão em constante movimento, movimento esse chamado
movimento sacro craniano uma vez que é provocado pelo
movimento do liquido céfalo raquidiano o qual protege e
envolve quer o cérebro quer a espinal medula indo assim desde
a cabeça até ao sacro.

Desta forma vê-se a
importância de não haverem tensões ao longo do
corpo que impeçam o livre movimento de todo o liquido ou do
movimento do corpo pela acção desse mesmo liquido.

Assim qualquer obstrução nos ossos da
cabeça impedem o livre movimento desse liquido com resultados
por vezes bastante nefastos.

No caso das maxilas estas devem
movimentar-se livremente acompanhando os movimentos do resto dos
ossos cranianos.

No caso das correcções dentárias
os aparelhos acabam por fixar e impedir esse movimento o que pode ter
algumas ou muitas implicações no bem estar da pessoa.

As implicações podem ir desde um ligeiro desconforto, a
dores de cabeça, de costas, escoliose, dificuldade de
concentração ou de aprendizagem, problemas da ATM ou
mesmo ir até depressões.

Tudo depende das “fraquezas”
e tensões que o corpo já tem.

Normalmente os desconfortos podem não ser muito
notórios e quando aparecem normalmente, (para não dizer
quase sempre) são atribuídos a outras causas, menos ao
aparelho de correcção dentária.

Isto porque infelizmente ainda muita gente desconhece a
importância do liquido céfalo raquidiano e do seu ritmo e de que maneira isso
afecta a pessoa.

No entanto a
situação só se manifesta quando o aparelho é
usado nos dentes superiores uma vez que as maxilas são duas e deixam de se
poderem movimentar livremente.

Nos dentes inferiores e
como é só um osso (mandíbula) esse problema não
se coloca com tanto dramatismo.

Tal como nós gostamos de estar
livres, também os dentes gostam e se os prendem eles acabam
por transmitir essas tensões para o resto do corpo.

Como já foi dito, a usar-se aparelho ele deve
ser usado após ter soltado as tensões no corpo e nos
dentes e após a sua retirada deve-se voltar a fazer várias
sessões para libertar as tensões que o aparelho
provocou e para colocar o liquido céfalo raquidiano a
movimentar-se sem quaisquer restrições.


É de salientar o facto de que muitos dentistas
estão a usar a Terapia Sacro Craniana (ou Crânio Sacral) para as correcções dentárias,
para as
disfunções da ATM, para a correcção
das maxilas, etc. e muitos outros trabalham em parceria com terapeutas
Sacro Cranianos. Nos EUA isto é frequente e em Portugal também já existem
dentistas com formação em Terapia Sacro Craniana. Resta esperar que cada vez
sejam mais.

Um caso interessante que me passou pelas mãos
foi um miúdo de 8 anos que tinha um dos incisivos torto e do
qual o dentista tinha dito que provavelmente tinha batido com o dente
de leite e que este agora é que tinha nascido torto. Após
lhe ter trabalhado apenas a bacia que estava torcida, o dente acabou
por ficar quase 100% direito. Até mesmo eu fiquei
impressionado com o resultado uma vez que a única coisa que
fiz foi trabalhar a bacia dele.

Este exemplo mostra bem o que a Terapia Sacro Craniana
(ou Crânio Sacral) consegue e a sua importância para
ajudar a resolver os inúmeros problemas do nosso dia a dia,
quer nossos, quer dos nossos filhos, pais, amigos, pacientes, etc..


Daí a importância de se procurarem respostas e
de usarem aquelas técnicas que podem dar os melhores resultados.

Resta-me desejar que os nossos médicos dentistas
comecem a usar esta terapia (ou outras) à semelhança dos
seus congéneres americanos e europeus.

dguerreiro
Administrador
Administrador

Mensagens : 536
Data de inscrição : 15/08/2009
Idade : 36
Localização : no mundo

http://pthack.forumotion.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum